UNITA discorda da perspectiva do MPLA para as Eleições Autárquicas


dezembro 04, 2019 - 10 vizualizações

David Mendes, Raúl Danda e Jorge Vitorino (Membros Parlamentares da UNITA), defendem que a vinda de observadores internacionais não põe em causa a soberania de um Estado.

David Mendes declarou que "não podemos aceitar que seja verdade. Os observadores não interferem na soberania do Estado".

Já Raúl Danda declarou que "os deputados angolanos são chamados para fazer observação eleitoral em outros países", o que não tem significando que os mesmos venham a interferir na soberania daqueles Estados.

Comentários(0)

Log in to comment