UE quer recuperação de infra-estruturas


fevereiro 14, 2020

O embaixador da União Europeia em Moçambique, António Gaspar, apontou ontem a recuperação de infra-estruturas destruídas pelos ciclones Idai e Kenneth como prioridade da ajuda financeira à Moçambique.

António Sánchez Benedito Gaspar defendeu acção urgente na reparação de danos provocados pelos dois temporais, após a assinatura de cinco acordos de parceria no âmbito do Instrumento de Contribuição para a Estabilidade e Paz (ICSP).

O financiamento está orçado em 10 milhões de euros e resulta do compromisso assumido pela UE durante a conferência internacional de doadores para a reconstrução pós-ciclones do ano passado. O valor será igualmente investido em acções de fortalecimento económico e envolvimento das comunidades no apoio ao diálogo e paz sustentáveis envolvendo mulheres e jovens.

O dinheiro será distribuído pelas seguintes organizações: Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Fundação Aga Khan, Young Africa e Help Code.

Comentários(0)

Log in to comment