Linguagem coreográfica de Mwana Phwo e Cihongo em obra literária de Ana Clara


dezembro 04, 2019 - 12 vizualizações

Aos 11 deste mês, estará para nós disponível, uma viagem literária, àquilo que é descrito como a linguagem coreográfica de Mwana Phwo e Cihongo, no livro intitulado, “Máscaras Cokwe”, de Ana Clara Guerra Marques, ela que além de coreógrafa, é também investigadora cultural.

Fruto de suas buscas no terreno cultural, a autora juntou duas editoras, a Kilombelombe (angolana), e a Guerra e Paz (portuguesa), a fim destas, trabalharem para produzir a sua obra, “Máscaras Cokwe”, que nos traz uma incursão sobre a linguagem coreográfica que as máscaras de dança transmitem de forma etno-coreológica.

Assim como, uma viagem sobre os códigos de conduta, que as máscaras usadas pelos Akixi transmitem para que haja equilíbrio social nesta.

Participam da obra também, Manuel Jordán (Curador-chefe do Musical Instrument Museun dos Estados Unidos), e Bárbaro Martínez-Ruiz (Professor emérito de Estudos africanos, na Universidade de Oxford), estes que forneceram o texto introdutório do livro, por serem abalizados em estudos inerentes a cultura Cokwe.

Como não poderia deixar de ser, o livro narra factos históricos e os contextualiza, a fim de as pessoas compreenderem as nuances que se encontram sublimes nas máscaras estudadas e apresentadas pela autora. Esta que é formada em performance artística – dança, e pioneira da dança contemporânea nacional, assim como alguém que já foi muitas vezes premiada, pela sua rica contribuição para a cultura nacional, no domínio da ensino da dança.

Comentários(0)

Log in to comment