Começa o tratamento de BI na diáspora


março 19, 2020

Os cidadãos angolanos residentes em Lisboa, já podem tratar do Bilhete de Identidade e do certificado de Registo Criminal em Portugal.

O posto de recolha de dados para a emissão dos documentos está aberto e a funcionar desde hoje, e Portugal torna-se o primeiro país a ter este serviço para os angolanos residentes na diáspora, que deixarão de deslocar-se a Luanda para tratar os documentos.

Está iniciativa insere-se na programação do Executivo, de massificar o registo civil e atribuição do BI a todos os cidadãos até 2022.

Comentários(0)

Log in to comment